No último domingo (28), o Cursinho da Poli colaborou para matéria do jornal o Estado de São Paulo, depois da aplicação do segundo dia do exame do Enem, Gilberto Alvarez, diretor do Cursinho da Poli, disse que a prova deste domingo demonstra, mais uma vez, o envelhecimento do Banco Nacional de Itens, de onde são tiradas as questões que compõem o Enem.

Não havia itens relacionados a acontecimentos dos últimos anos – a pandemia, por exemplo, não apareceu. Apesar disso, as questões faziam referência a temas que continuam atuais no Brasil. Uma delas, por exemplo, comparava a dengue com o Ebola. O item abordava a taxa de letalidade e o tempo de incubação das doenças. “Eram temas que já caíam em Biologia e nos fazem refletir sobre questões da atualidade”, diz Alvarez.

Confira a matéria completa através do link.

Mayara Cruz

Author Mayara Cruz

More posts by Mayara Cruz

Leave a Reply