Fiquem atentos! Estudantes poderão se inscrever para o primeiro semestre de 2020 do processo seletivo do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies) a partir do dia 5 de fevereiro, na página do programa. O prazo é até as 23h59 do dia 12 de fevereiro.

Confira o cronograma completo do Fies:

Inscrições: 5 de fevereiro até 12 de fevereiro;

Divulgação dos resultados: 26 de fevereiro;

Complementação da Inscrição no Fies pelos candidatos pré-selecionados na modalidade Fies: 27 de fevereiro até 2 de março;

Pré-seleção em lista de espera: 28 de fevereiro até 31 de março.

Como funciona?

O programa do Fies tem o objetivo de conceder financiamento a estudantes em cursos superiores pagos, possibilitando juros zero a quem mais precisa e uma escala de financiamento que varia conforme a renda familiar do candidato.

Poderá se inscrever no processo seletivo o candidato que participou do Enem a partir da edição de 2010 e que tenha obtido média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 e nota superior a 0 na redação.

Ele é dividido em duas modalidades, distintas por renda e pelo agente financiador. Na primeira, o fundo oferece vagas com juros zero para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. O aluno começará a pagar as prestações respeitando o seu limite de renda, fazendo com que os encargos a serem pagos pelos estudantes diminuam consideravelmente.

Já a segunda, chamada P-Fies, é destinada aos estudantes com renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos. Essa modalidade funciona com recursos dos fundos constitucionais e de desenvolvimento (fundos do governo para combater a desigualdade social) e com recursos dos bancos privados participantes.

Fonte: Guia do Estudante

0 CommentsFechar Comentários

Deixe um comentário